Facebook

Siga o Guia do TRC – Fique informado e atualizado sobre o setor de Transportes.

02/09/2016
Custo logístico sobe para 11,9% do PIB

O custo logístico brasileiro passou a representar 11,9% do PIB nacional em 2015, mantendo uma tendência crescente que vem desde 2010 quando era de apenas 10,6% (gráfico).




 


A conclusão faz parte do estudo “Custos Logísticos no Brasil”, de Maurício Lima e Alexandre Lobo, do ILOS – Instituto de Logística e Supply Chain, publicado na revista Tecnologística.


Para um PIB de R$ 5,903 bilhões, este percentual representa um custo de R$ 702,6 bilhões.


Segundo os técnicos, os altos juros e o forte desbalanceamento da balança de transporte continuam sendo os responsáveis diretos pela grande diferença do percentual em relação aos Estados Unidos, onde esta relação caiu de 8,3% para apenas 7,7%.


Além do crescimento de 2,4% do PIB americano, a redução dos custos logísticos nos Estados Unidos foi influenciada também pela queda do preço do barril do petróleo no mercado internacional, repassada lá aos preços dos combustíveis.


A diferença, de 4,2% do PIB representa um custo adicional para o país de R$ 248 bilhões. De acordo com o estudo, os altos juros e o forte desbalanceamento da matriz de transportes continuam sendo os responsáveis diretos por esta grande diferença de custos.


O percentual do custo de transporte em relação ao PIB manteve-se em 6,8% (R$ 401,4 bilhões) em relação a 2014, a maior parte constituída pelo transporte rodoviário de cargas.


Este equilíbrio deve-se, segundos os autores, ao equilíbrio de fatores que agem no sentido de aumento, como a queda do PIB, e os que agem em sentido contrário, como a queda da demanda de transporte e a pequena melhora na matriz de transportes.


Já a variação do valor do frete não provocou impacto nesta relação, pois, quando muito, acompanhou os índices de inflação, embora os custos tenham subido em índices superiores aos da inflação.

O maior aumento dos custos logísticos ocorreu nos custos de estoques, devido à elevação da taxa básica de juros, de 11,25% para 15,25% ao ano, ao longo de 2015.  

 

Neuto Gonçalves dos Reis
Diretor Técnico Executivo da NTC&Logística, membro da Câmara Temática de Assuntos Veiculares do CONTRAN e presidente da 24ª. JARI do DER-SP.

 

Fonte:

SERVIÇOS
COLUNISTAS

Richard Krabbendam

Safety expert Richard Krabbendam warns of what can go wrong if the laws of physics are ignored – and provides a checklist of measures to help ensure safe lifting operations. continuar lendo»

Rubem Penteado

É prática comum no mercado a utilização de carreta fabricada para um determinado tipo de caminhão trator, engatada em outro tipo de cavalo-mecânico, como os veículos de tração são mais conhecidos. continuar lendo»

Neuto Gonçalves

O custo logístico brasileiro passou a representar 11,9% do PIB nacional em 2015, mantendo uma tendência crescente que vem desde 2010 quando era de apenas 10,6%. continuar lendo»
NOTICIAS DA SEMANA EM REVISTA

Confira aqui as reportagens mais interesssantes publicadas nas principais REVISTAS DO SETOR.

FIQUE ATENTO

O trabalho de motorista exige aptidão física e psíquica e, por isso, essa função não deve entrar no cálculo para se definir a cota de deficientes em uma empresa. O entendimento é do juiz Itamar Pessi, da 11ª Vara do Trabalho de Vitória, que julgou procedente o pedido de uma trans continuar lendo»
As empresas de transportes devem ficar atentas aos prazos para atualização e recadastramento no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC). continuar lendo»